EXERCÍCIO FÍSICO E MORTALIDADE

Se você já me acompanha aqui diariamente, sabe que eu costumo falar bastante sobre exercício físico e sua importância a longo prazo na vida das pessoas.

E para comprovar o que eu digo, trago aqui a conclusão de um  artigo  científico sobre a associação entre força muscular e mortalidade. Dentre vários ítens que o trabalho aborda, um deles é que o AUMENTO DA MASSA MUSCULAR está relacionado a MENOR MORBIDADE. Ou seja, existe uma relação INVERSAMENTE PROPORCIONAL entre massa muscular e morbidade.

Isso é fácil de entendermos.

Mais massa muscular, especialmente numa idade mais avançada dá mais autonomia para executar as atividades da vida diária. Então o paciente ganha força e ainda por cima tem um aumento do gasto energético.

Outro ponto importante: com o decorrer do tempo (e da idade) tende a haver – especialmente em mulheres – depósito de gordura em musculatura mais profunda, comprometendo inclusive a sustentação de toda a coluna.

No geral, o exercício físico dificilmente vai aumentar o seu gasto calórico a tal ponto de fazer emagrecer, mas a prática de atividade física regular e programada faz com que seu corpo aja metabolicamente melhor no futuro, com melhora da função endothelial, melhor oxidação de gordura, melhor controle pressórico, dentre diversos outros benefícios.