SOP E AUTO ESTIMA

Na minha prática, por associar a endocrinologia com a medicina ortomolecular, atendo muitas mulheres com a Síndrome dos Ovários Policísticos, que vêm em consulta para amenizar a sintomatologia.

O que percebo, na realidade, é que muitas delas sofrem com baixa auto estima devido a tudo aquilo que clinicamente vem com a SOP, como o hirsurtismo (crescimento de pêlos em locais incomuns), acne, acantose (aquelas marcas escuras ao redor do pescoço e das axilas que indicam resistência insulínica) e ganho de peso. Além disso, costumam ter uma menstruação dolorosa e bem irregular, com fluxo normalmente intenso - algumas usam 3 absorventes ao mesmo tempo. Imagina se uma mulher nesse estado consegue se sentir segura?

Óbvio que não.

E o não se sentir segura em confiar no próprio corpo acaba por impactar negativamente na suto estima desta mulher. Muitas vezes o gineco passa somente o anticoncepcional, que regulariza a regra mas pode aumentar os sintomas de ansiedade, retenção, acne e aumento de peso.

Enfim, muitas vezes o tratamento medicamentoso usual piora o emocional dessa mulher e com isso, como uma cadeia, influencia nas tomadas de decisões em toda uma vida.

O quanto a sua auto estima impacta ou já impactou negativamente na sua vida e nas suas tomadas de decisões?