DEFICIÊNCIA DE TESTOSTERONA NA MULHER

A deficiência androgênica na mulher, patologia atualmente bastante discutida no meio médico, trata-se de uma diminuição da produção dos hormônios androgênicos como SDHEA, androstenediona e testosterona. 

Ela pode ter como sintomas principais uma diminuição da libido, fraqueza e desânimo inexplicáveis, diminuição dos pelos axilares e pubianos, bem como diminuição da massa óssea e muscular.

O diagnóstico pode ser feito com algumas dosagens hormonais específicas, somadas aos sintomas clínicos, obviamente.Existem atualmente algumas formas de tratamento dessa disfunção, cujo principal objetivo é melhorar a qualidade de vida a longo prazo dessas mulheres.

Cada tratamento dependerá da sintomatologia e do paciente, . Não existe receita de bolo quando o assunto é medicina. Cada um é um e deve ser visto dentro das suas limitações e dentro do contexto de sua própria vida. Nem sempre o que é bom para uma mulher, é bom para outra e vice versa.Importante salientar aqui que nem todas as mulheres, mesmo na presença de deficiência androgênica, podem fazer a reposição. Existem contraindicações que devem ser SEMPRE consideradas.

Outro dado importante: antes e instituir o tratamento hormonal, é importante observar se essa mulher utiliza anticoncepcionais ou qualquer método contraceptivo hormonal. Muitas vezes, somente retirando esse método de evitar a concepção, os sintomas já melhoram.

Percebeu que tem algum desses sintomas? Procure um profissional da sua confiança para elucidar as suas dúvidas e prescrever o melhor e mais indicado tratamento para você.