10 DICAS PARA ACELERAR A QUEIMA DE GORDURA

1) Faça treinos intervalados de alta intensidade e curta duração (HIIT)

2) Separe o treino aeróbico do treino de força (horários diferentes) – se possível

3) Treine pesado. Alguns estudos mostram que indivíduos que treinam com 80-85% da carga máxima aumentam o seu metabolismo por até 3 dias seguidos. Além disso, os músculos são tecidos metabolicamente ativos. Quanto mais músculo, mais acelerado seu metabolismo se torna.

4) Evite ficar dois ou mais dias sem treinar. Vale mais a pena, por exemplo, ficar sem treinar no meio da semana e treinar no sábado, por exemplo.

5) Procure ingerir boa quantidade de água e líquidos sem açúcar. Os líquidos são o principal veículo onde ocorrem as reações do nosso corpo, permitem o aporte adequado de nutrientes para todas as nossas células contribuindo assim para o melhor funcionamento de todos os sistemas orgânicos. Chás termogênicos e águas aromatizadas também são ótimas opções.

6) Procure manter variedade de alimentos funcionais no seu cardápio, em especial, pimentas de todos os tipos, açafrão da terra e gengibre. Esses alimentos promovem, mesmo que discreta, uma termogênese, ou seja, um aumento da velocidade metabólica.

7) Evite ou elimine o consumo de bebidas alcoólicas. Além das calorias vazias, o álcool inibe a formação de glicogênio muscular e promove um aumento da diurese, facilitando a desidratação e contribuindo para a piora na recuperação pós treino.

8) Cuidado com o Overtraining. As vezes, no desespero em correr atrás do prejuízo para exibir um shape legal no verão, muitas pessoas acabam entrando numa de dieta extremamente restritiva e aumentando da intensidade dos treinos. Isso pode levar a síndrome do Overtraining, caso essa pessoa não esteja sendo adequadamente acompanhada por profissionais da área da saúde.

9) Procure descascar mais e desembalar menos. Dieta boa para emagrecer e para a saúde é aquela em que o indivíduo se aproxima cada vez mais da terra para buscar seus alimentos. Quanto menos processado, melhor.

10) Tenha uma planilha de treino e de objetivos e a siga. Procure se fotografar para acompanhar a evolução. Muitas vezes o peso varia pouco, mas a composição corporal modifica consideravelmente. Nesse ponto, as fotografias ajudam bastante a manter o foco.